Condenado a 20 anos um dos envolvidos em assassinato do ex-prefeito de Estrela do Norte
11/02/2021 09:06 em CLUBE NOTICIAS

Condenado a 20 anos um dos envolvidos em assassinato do ex-prefeito de Estrela do Norte

O crime envolve ainda Trajano José de Almeida, à época secretário municipal de Saúde e casado com Anésia Xavier. Trajano é irmão do condenado Waldivino e do ex-prefeito Weltinho. Trajano e esposa Anésia moravam na mesma casa de Weltinho e tinha amizade de longa data com Geraldo Curica e sua mulher, Lucivânia, o que originou um relacionamento extraconjugal entre a vítima e Anésia, iniciado em 2013.
No dia do crime, 1 de outubro de 2015, Anésia combinou um encontro com Geraldo. Ao sair de casa, de tarde, o filho de Weltinho, avisou a mãe, Elaine, que viu Anésia entrar em um carro que seria da vítima. Foi descoberto que o veículo seguiu para um motel na zona rural de Mara Rosa e a então primeira-dama pediu que a então tesoureira, Renata, fosse ao local verificar se o veículo em que Anésia estava realmente no motel. Constatado o fato, Renata, Waldivinho, o irmão Weltinho e esposa Elaine foram para o motel para aguardar a saída de Geraldo e Anésia. Quando a vítima abriu a porta, viu Waldivino e Wellington armados e também Elaine, que estava mais afastada, tentando filmar o ato. De imediato iniciou-se uma luta corporal tendo Walvidino disparado à queima-roupa contra a vítima, que tentou fugir, mas foi acertado por novos disparos pelas costas até não aguentar correr e cair.
O marido de Anésia se encontrava viajando e o fato da a ex-primeira-dama estar filmando a saída de Curica do motel levantou na época suspeitas de que a motivação maior seria política por estar em vésperas de eleições municipais, sendo a vítima um dos pré-candidatos com maior aceitação popular.  

Após o crime os autores fugiram do local e desde então Weltinho e Elaine não foram mais localizados. Anésia, que estava no quarto com a vítima, saiu em seguida. Imagens de câmeras do motel mostraram que ela ainda conversou por alguns minutos com Elaine, que, inclusive, teve de correr para alcançar o marido e cunhado que já estavam dentro do carro para fugir. Em seguida Anésia foi até a recepção, depois para um posto perto do motel onde ficou até a chegada de um irmão dela.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!